terça-feira, 9 de agosto de 2011

Transmutando seus Medos- Cante junto a Kuan Yin

Por Victor Augusto de Souza

Namastê lobos desta amada Alcatéia!
Peço desculpas por estar sumido, mas estava dentro de um retiro no Himalaia e no templo não tinha acesso a internet, acredita?



Brincadeiras a parte, hoje venho falar sobre uma Mestra da Fraternidade Branca a qual tenho um profundo carinho e considero sua história fascinante. Seu nome é Kuan Yin, a Deusa da Misericórdia.
O Ritual abaixo irá abrir sua conexão com a Chama Violeta e desembaraçar qualquer bloqueio ou medo que esteja em seu caminho, tornando assim, a estrada da sua vida muito mais agradável e iluminada.

Para este simples e poderoso ritual, você irá precisar de:
  • Três varetas de incenso de Lótus
  • Uma rosa branca
  • Um aparelho de som, ao qual você irá deixar tocando qualquer música suave (recomendo o uso de mantras, principalmente o Om Mani Pad Me Hum)
Em um momento que seu coração estiver calmo, segure a rosa branca na altura do seu coração e faça este apelo para Kuan Yin:

Ó! Amada Kuan Yin, purifica-me dos venenos da ignorância, raiva e ódio; orgulho espiritual, intelectual e humano; dos desejos – cobiça, avareza e luxúria; da inveja e ciúme; da não-Vontade e do não-Ser, do medo e da dúvida.
Eu Vos peço (faça o seus pedidos pessoais, visualizando exatamente como você deseja ver os seus pedidos realizados.)
Em nome da minha Poderosa Presença Divina EU SOU, eu vos agradeço.” *

Coloque a rosa em algum recipiente com água e acenda os incensos, chamando por Kuan Yin e sua sagrada chama violeta. Coloque o som, e comece a desenhar com os incensos espirais, imagine tudo o que você não mais deseja para sua vida, todos seus medos e sinta que a fumaça dos incensos eleva sua vibração e te deixa leve e puro.
Comece a entoar o mantra Om Mani Pad Me Hum, e vá mentalizando seus pedidos envoltos em luz violeta.
Quando tiver terminado de mentalizar, coloque os incensos em algum lugar seguro para que possam queimar até o fim. Segure a rosa novamente nas mãos agradecendo a Grande Fraternidade Branca, seus Mentores e Guardiões por permitirem que você limpasse seu caminho em esperança, luz, amor e graça.
A Rosa será um presente para Kuan Yin, quando murchar poderá ser utilizada em forma de banho, as cinzas dos incensos devem ser jogadas ao vento.
Repita este ritual sempre que sentir necessidade.

Espero que tenham gostado deste ritual!
E como já disse a grande loba Sandrini  "Cada comentário não deixado é um autor que morre".

Abraços e beijos transmutados na cor violeta para vocês!

*Texto extraído do blog Kuan Yin a Deusa dos Milagres.




6 comentários:

Zíngara Roberta disse...

Oi, Victor! Achei incrível o seu post! Tenho verdadeira paixão e amor a Kuan Yin! Obrigada por compartilhar com todos nós essa maravilha!

Saphyra Ruby disse...

Bonito ritual, assim que puder o farei. O que conheço e faço dessa Grande Mestra é a Espada da Misericórdia.
Tudo de Bom,
Saphyra

Sandrini disse...

Aaahhhhh Victor, seu garanhão!![?]
Esse ritual me caiu feito uma luva! Você sabe pelo que estou passando ultimamente, por isso tenho certeza que Kuan Yin vai me audar!
Só preciso da rosa branca.....

Wendy disse...

Oi Vi amei esse ritual,amo a fraternidade branca e tenho um grande carinho pela Kuan yin...mais um feitiço teu que vai pro meu grimório!!!bjos

Néétoh disse...

Oi Victor,adorei o Ritual Muito legal mesmo,parabéns.

Abração Victor.

Victor Augusto de Souza disse...

Zíngara, só agora pude ver os comentários! Obrigado pelas lindas palavras.
Saphyra adorei sua definição e seu nome, obrigado por ler.
Sandrini, obrigado pelo caranhão! ahhaha Fico feliz que gostou.
Wendy, a princesa da chama violeta!
Fico feliz que gostou, beijão!
Néétoh, obrigado por ler e gostar.

Abraços, uivos com aroma de lótus!
Victor