terça-feira, 27 de junho de 2017

Chá das Cinco #117 - O boatão sobre os salários na DC

Lembram de uma notícia compartilhada semana passada sobre a atriz Gal Gadot (Mulher Maravilha) ter recebido apenas 2% do que o Henry Cavill recebeu pelo "Homem de Aço"? Saiu até nos grande veículos! Pois é, tremendo caô, vamos falar sobre isso hoje

Presentes os assalariados Renato Rodrigues, Ricky Nobre, Patricia Balan e Eddie Van Feu

 

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Chá das Cinco #116 - Giro da Semana

Jonny Depp falando besteira, a bilheteria da Múmia, série de Watchmen, Belas Maldições, Série dos Novos Titãs e a dança da cadeira de Star Wars estão no RESUMÃO DAS NOTÍCIAS

Com Renato Rodrigues, Eddie Van Feu, Patricia Balan e Ricky Nobre

MTV-MARAVILHA

por Renato Rodrigues
Enquanto outros filmes de super-heróis plantaram tretas a Mulher Maravilha colhe amor de todo lado. Olha essa homenagem!

Olha esse mega-clipe criado pelo Nerdist para homenagear a heroína. Participação da atriz Ciara Renee (a Mulher-Gavião de Legends of Tomorrow). O vídeo traz a combinação de seis canções famosas de intérpretes femininas, a citar: Madonna, Whitney Houston, Nancy Sinatra, Helen Reddy e Britney Spears e Beyonce.

 

domingo, 25 de junho de 2017

VLOG Alcateia #109 - Os 100 anos de Will Eisner

Em 2017 o criador do Spirit fez cem aninhos e, mesmo atrasados, fizemos um bate-papo especial sobre a obra desse que é um dos maiores quadrinistas do Século XX. E de quebra revelamos quem de nós já o conheceu pessoalmente. IMPERDÍVEL!




Presentes: Renato Rodrigues, Ricky Nobre, Patrícia Balan e JM

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Chá das Cinco #115 - Dicas de seriado

Duas séries da NETFLIX vacilona ("Dirk Gently's Holistic Detective Agency"  e  "Cara gente branca") estão em nossas dicas de seriado para o fim de semana.

Com Ricky Nobre e Eddie Van Feu

quinta-feira, 22 de junho de 2017

O CÍRCULO: ENTRE O PROMISSOR E O ASSUSTADOR

Eddie Van Feu

O Círculo não é um filme de terror. Mas assusta. É uma alegoria sobre o momento em que vivemos, com câmeras por toda parte e uma necessidade quase patológica de comunicar cada passo do seu dia nas redes sociais. Mais do que isso, é uma espiada no futuro.

Baseado no livro de Dave Eggers, a história nos apresenta uma funcionária de uma grande corporação interpretada por Ema Watson. Tom Hanks enche a tela com a imagem do cara legal, do chefe que todo mundo quer ter. E então temos O Círculo, uma companhia que detém a rede social mais ampla do planeta, que unifica todas as suas contas, que facilita compras e pagamentos! Lembra alguma coisa? E é a mesma companhia que cria câmeras que podem estar em qualquer lugar, incentivando um olhar atento, constante e perpétuo em cima de TODO MUNDO O TEMPO TODO.




Então, nós começamos a acompanhar o entusiasmo de quem acha isso ótimo, já que poderemos salvar vidas, e os questionamentos de quem simplesmente quer ter direito à privacidade.

O filme poderia ter ido mais longe. A personagem da funcionária Mae é um tanto apática e não chegamos a conhecê-la de verdade. Ela parece uma folha ao vento, e quando toma decisões, elas parecem meio forçadas em alguém que só queria pagar suas contas e ajudar a família. O personagem de John Boyega cai de paraquedas e não diz a que veio, enquanto o relacionamento de Mae com a própria família e amigos não se aprofunda. Há momentos no filme que poderiam ser infinitamente mais emocionantes, mas não são. Faltou construção de personagem para a mais importante do filme e Mae acaba sendo uma heroína que se apoia no carisma de Ema Watson.


Não há grandes inovações no conceito visual, talvez para evitar distrações do tema. O quanto estamos dispostos a mergulhar nessa era de total transparência? Isso seria realmente uma solução para todos os problemas do mundo? Ou seria apenas um problema para quem não estiver no topo da cadeia alimentar?

O fim é meio estranho, parece Super Cine (que ficou conhecido por filmes que terminavam de repente). Mas ainda vale a pena, especialmente pelo questionamento que provoca.



Chá das Cinco #114 - Qual ator você já malhou e depois se arrependeu?

Sabe quando indicaram um ator/atriz para um papel e você xingou muito no twitter? Daí quando viu no cinema quebrou a a cara? Vamos confessar nossos pecados passados mostrando que não entendemos nada de nada nessa vida!

Equivocados de hoje: Renato Rodrigues, Eddie Van Feu, Ricky Nobre, Patricia Balan e JM

PODIA SER UM FILME MAU QUE NEM PICA-PAU... MAS...

por Renato Rodrigues
O Pica-pau é um dos melhores desenhos que existem? Lógico! E pode render um bom filme longa? Hummm... talvez...

Vamos ver o trailer?




É... bom.... Pelo trailer vai ser um filme pra molecada mesmo! São só piadas físicas manjadas para crianças. E aqui no Brasil nem se deram ao trabalho de chamar o recente dublador dos desenhos (Marco Antonio Costa).

Podiam investir em mais piadas citando os desenhos (Muitas até já viraram memes). Pelo trailer o filme parece tão sem conteúdo que a promoção está toda sendo feita em cima da participação de uma atriz brasileira no elenco (Tainá, Thailá, Talula, não seu o nome e não me interessa também)

Acho que os pais (que cresceram com o desenho) ficarão entediados, então espero que os filhos pequenos ainda assistam Pica-Pau na Record para poder curtir o filme.

Se o vilão não terminar o filme descendo as cataras num barril eu peço meu dinheiro de volta! Mas não tenho muita esperança disso acontecer, no fundo os produtores só pensam mesmo é nisso: