quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

SOBRENATURAL: A ÚLTIMA CHAVE - CRÍTICA DE UMA AMANTE DE TERROR

por Eddie Van Feu

É minha primeira resenha do ano e fico feliz de ser essa. Sobrenatural (Insidious) é, junto com Invocação do Mal, uma de minhas franquias favoritas. No quarto filme da série, conhecemos um pouco mais da médium Elise Rainier (Lin Shaye) que é obrigada a revisitar seu passado quando é chamada para averiguar uma casa assombrada que foi a casa onde ela cresceu. Naturalmente, tem um cabrunco do estopico da meia-noite lá que vai dar dor de cabeça pra todo mundo.


O filme é bom. Mas poderia ser melhor. Dentre os pontos positivos Lin Shaye está no topo! Do alto dos seus 74 anos, ela está ótima e convincente no papel mais marcante de sua carreira. Outro ponto positivo é que é um filme de terror que me fez dar alguns saltos da cadeira, que é o mínimo que eu espero de um filme de terror.

Lin está ótima e convence como a corajosa médium que visita o umbral atrás de bichos sinistros.

A história é contada em flashbacks e isso pode confundir os mais lerdinhos. Também mostra algumas referências ao Insidious. Porém, a história carece de um clímax. Ela vai sendo levada, a gente vai indo, é um filme agradável, mas não tem o ritmo dos outros, apesar de usar artifícios que deram certo antes.

A dupla de nerds caça-fantasmas tem muito potencial, mas não foi aproveitada devidamente. Uma pena.

Talvez tenha sido a direção ou o roteiro, mas até o humor estava morno. Dá pra rir, mas quando você vê o potencial dos nerds caça-fantasmas e da própria Elise, percebemos que o filme está aquém de seu elenco e potencial.

Usar recursos que deram certo nos filmes anteriores é inteligente. Mas seria bom dar mais sustância para o roteiro, além disso.

Alguns pontos de virada são muito interessantes, mas não condizem muito com o que sabemos do mundo espiritual. Uma coisa sempre muito legal nessa série é a fidelidade ao mundo invisível. Dessa vez, põe-se a culpa de mau comportamento humano em demônios (ou seja lá o que diabo for aquilo), tirando-se o livre arbítrio. Sim, demônios, fantasmas e seres abissais podem influenciar uma pessoa, mas jamais obrigá-la a fazer algo que vai contra sua natureza. Logo... Para ganhar um breve momento de surpresa da audiência um fato importante do roteiro pareceu ser torcido.

Mesmo assim, é um bom filme. Poderia ser ótimo! Mas pelo prazer de revisitar o universo e seus personagens, eu me contento com o bom e vai para a minha listinha de Natal!






Ficha técnica:
Data de lançamento: 18 de janeiro de 2018 (Brasil)
Direção: Adam Robitel
Séries de filmes: Insidious
Produção: James Wan, Jason Blum, Oren Peli
Produtoras: Blumhouse Produções, Stage 6 Films

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

NOVA FORMIGA DO HOMEM FOTO


Melhor AMPLIAR


Depois de Guerra Civil, Scott Lang lida com as conseqüências de suas escolhas tanto como super herói como pai. Enquanto ele luta para reequilibrar sua vida com suas responsabilidades como Homem-Formiga, ele é confrontado com Hope van Dyne e Dr. Hank Pym com uma nova missão urgente. Scott deve mais uma vez vestir o uniforme e aprender a lutar ao lado da Vespa enquanto a equipe trabalha em conjunto para descobrir segredos do passado.

working out atom ant GIF by Warner Archive

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Cantor Ruy Faria do grupo MPB4 morre aos 80 anos

por Renato Rodrigues
O cantor Ruy Faria do grupo MPB4 morreu aos 80 anos, ontem (11/01) no Rio. Além de cantor e compositor, Ruy era produtor musical e integrou o conjunto MPB4 até o ano 2004. 

Uma curiosidade particularmente interessante para nós aqui do ALCATEIA.COM é que o MPB4 foi responsável pelas versões dos temas em português dos saudosos desenhos desanimados Marvel
"Pedimos a todos que elevem os seus pensamentos para um homem que valorizou a alegria de viver, o bom humor, a amizade e principalmente a criatividade. Vamos lembrá-lo sempre com esses requisitos que eram a sua marca", escreveu sua ex-esposa Cynara Faria, em rede social.
 

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

FELIZ 2018! DUCKTALES (Whoo-hooo) VEM AÍ

por Renato Rodrigues
No dia 4 de fevereiro os canais Disney XD e Disney Channel estreiam no Brasil o novo "DuckTales: Os Caçadores de Aventuras".

O especial de 1 hora de duração começa às 11h e reprisa às 19h nos dois canais.

A dublagem terá as vozes de Fernando Mendonça (Tio Patinhas), Cláudio Galvan (Donald), Eike Duarte (Huguinho), Felipe Drummond (Zezinho), Matheus Perissé (Luizinho), Ana Elena Bittencourt (Patrícia).

 Já vi muita gente falando, "Ahh, não é igual ao original, que era clássico e coisa e tal..." mas convenhamos, se tivesse rede social em 1987 teriam dito a mesma cosia: "Ah, prefiro os curtas do Donald de 1940, etc, etc..."

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

O NATAL E OS ALIENÍGENAS LADRÕES DE TEMPO


Um dia alguém disse que os dias estão mais curtos por causa de seres de outros planetas que querem adiantar a evolução da Terra. Então, às vezes, eu grito para o céu:

- Alienígenas! Parem de roubar meu tempo!!!

Eu me lembro de uma época em que eu planejava o Natal com meses de antecedência. Eu era adolescente, claro, não tinha maiores preocupações além de ir bem na escola e nos cursos. Hoje, vejo que não só eu, mas todo mundo sai correndo nessa época para comprar comida, presentes, enfeites, árvores, lembranças, etc. E eu me lembro de como era bom fazer isso com calma. Sem correr. E lembro que era menos quente também!!!


Mas os alienígenas resolveram roubar nosso tempo (ou nós mesmos começamos a preencher nosso tempo com coisas demais) e eis que estamos todos correndo, não só no Natal, mas no ano todo. Então, pensando nisso, eu escolhi o que quero lhe dar de presente neste Natal:

TEMPO



Eu lhe desejo o presente mais precioso que podemos ganhar quando encarnados aqui na Terra. Mais valioso que dinheiro (porque não adianta ter um trilhão de dólares de você só tiver 30 minutos de vida). Mas eu não lhe desejo só TEMPO!

Eu lhe desejo TEMPO DE QUALIDADE! Porque não basta ter TEMPO DE VIDA. É preciso ter VIDA NESSE TEMPO. Então, que você tenha não só nesse Natal, mas durante todo o ano que começa, tempo para curtir as pessoas que você ama, tempo para banhos mais longos, tempo para brincar com seus cachorros, acariciar os gatos, tempo para escrever na sua agenda e até colar umas fotos inspiradoras.


Tempo para cuidar da sua casa, que é o seu castelo, e deixá-la do jeito que você sonhou, seja ela uma mansão ou um quitinete. Se você cuidar, ela sempre será seu castelo. Tempo para ouvir música e prestar atenção na letra. Tempo para olhar para as nuvens e ver que coisa mágica é o céu.

Eu lhe desejo TEMPO para planejar seus sonhos, transformá-los em metas, concretizá-los e curti-los, antes de partir para outro sonho. Que você também ganhe tempo para cuidar de si mesmo, do seu cabelo, da sua pele, da sua saúde, do corpo e da alma. Tempo para ginástica, para dança, para caminhadas. Que você ganhe mais tempo com os amigos que passaram tanto tempo com você no passado e precisam renovar essas memórias. Que você tenha tempo para ouvir os idosos da sua vida, ouvir suas histórias mais vezes do que você consegue contar, SEM olhar nenhuma vez para o seu celular.


Eu desejo do fundo do meu coração que você tenha muito tempo! Tempo para ler, estudar, pensar, questionar, investigar. Tempo para conversar e debater, e tempo para transformar suas experiências e conhecimentos em sabedoria. Desejo também tempo de silêncio, que é onde mora a intuição. Que você tenha tempo de envelhecer sendo sempre jovem.



E, como alguém que teve perdas muito doídas neste ano, eu te desejo tempo com os seus, e tempo para seus ancestrais. Tempo para pensar com carinho nos que partiram, para perceber que eles vivem hoje no que ensinaram ontem a você.



Que você tenha tempo para jogos, filmes, seriados e internet. Por que não? Mas que tenha tempo TAMBÉM para tudo isso que eu disse agora.

Então, espero que você receba esse presente que estou te enviando nesse Natal. Mas não o guarde esquecido numa gaveta! USE-O! Use-o até o último minuto! Porque quando o último grão de areia da ampulheta cair, quero que você tenha um sorriso de quem usou todo o tempo que tinha da maneira mais feliz que pôde. E aí...

Aí a ampulheta é virada e começa tudo de novo!


Boas Festas, Feliz Natal, Feliz Hanukah, Feliz Litha, Feliz Yule e, principalmente, UM 2018 COM MOMENTOS RICOS E FELIZES!

Ah! E que você tenha um tempo para mim também!

Beijos e um bater de asas douradas e prateadas dos anjos do tempo!

São os votos honestos e do coração meus e dos meus irmãos de caminhada que me ajudam por aqui!

Eddie Van Feu e equipe

Liliane Gama
Alex Sandro Garramone
Paulo José

A galera da LINHAS TORTAS:
Renato Rodrigues
Ricky Nobre
Luciana Werneck

E os Lobos do Alcateia.com:
Renato Rodrigues
Ricky Nobre
JM Chaves
Patrícia Balan
Carlos Tavares
Gabriel Maia
Nanael Soubain

P.S.: Em janeiro, quero dar um presente para você! Um ritual especial para início de ano! Avisarei por e-mail, então se ainda não está recebendo meus e-mails, inscreva-se aqui: https://eddievanfeu.klickpages.com.br/mailing

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

RETROSPECTIVA 2017 - VLOG Alcateia #118


Hoje a Alcateia tá toda reunida para fechar o balanço do ano e dar nossas humildes opiniões sobre TV e cinema!

Quais os filmes e séries que mais gostamos esse ano? E qual foi a bomba fedorenta de 2017?


O ALCATEIA.COM entra de férias
e volta em JANEIRO!

Obrigado pela companhia de sempre!
BOAS FESTAS e um Feliz 2018




segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

MORTE EM FAMÍLIA - Quando morre um Robin


Por Gabriel Maia
Jason Todd foi o segundo Robin da vida do Batman. Na Era moderna ele foi um órfão encontrado pelo Batman enquanto ele estava tentando roubar as rodas do Batmóvel (?). 
Jason, o filho de Willis e Catherine Todd, vivia na parte oeste de Gotham. A mãe de Jason era uma viciada que morreu de overdose algum tempo antes do jovem morar nas ruas. Seu pai, Willis, trabalhava como capanga para Harvey Dent (o Duas-Caras), e algum tempo depois ele misteriosamente desapareceu. Em sua tentativa de levar as rodas do carro mais irado do mundo Jason foi capturado pelo Batman, que o amarrou e em seguida o levou para a Batcaverna, onde descobriu que Jason vivia em uma escola para jovens infratores. Algumas semanas mais tarde, depois de Asa Noturna e Jason provarem seu valor no combate ao crime ajudando Batman a frustrar os planos de uma gangue de ladrões, Bruce ofereceu a Jason o posto de Robin. No entanto, ele só veio a usar o uniforme de Robin ao completar seis meses de treino. Batman acreditava que o treino o ajudaria a se livrar da revolta que ele sentia.
Durante sua carreira como combatente do crime, Jason é mostrado como um Robin rebelde, inconsequente, desobediente e sem limites. Ao descobrir que Duas-Caras havia matado seu pai ele sai em busca de vingança e, após quase matar o vilão, ele o entrega às autoridades, neste momento Batman achou que o garoto poderia estar entrando nos trilhos.
Porém Jason é mostrado como violento e possível homicida quando persegue um assassino em série chamado Felipe Garzonas que sempre escapava da polícia por ser filho de um diplomata e, quando Batman chega ao local onde Jason encurralara o criminoso, vê Felipe caindo do prédio com Jason observando sua queda sem fazer nada para salvá-lo. Nesta edição fica a dúvida se Jason o jogou do prédio ou se Felipe se jogou para fugir de Robin.
De qualquer forma, posteriormente a isso, o pai de Felipe sequestra o comissário Gordon pedindo Robin em troca do oficial. Jason vai escondido ao local combinado para a troca e começa uma luta que resulta na morte dos capangas e do pai de Felipe.
Porém, este Robin vinha decaindo em popularidade de tal modo que foi feita uma enquete sobre se ele deveria morrer ou não... pois é.
Os próprios fãs do Batman decidiram que o parceiro deveria deixar o manto do Robin, e foi lançado o arco; “Uma morte em família”.
Jason descobre que sua mãe verdadeira era outra mulher e, com isso, ele procura pela mulher que lhe deu à luz. Após ir atrás de várias pistas Jason encontra sua mãe, Sheila... uma empregada do Coringa.
Jason tenta convencê-la a largar essa vida e revela seu segredo afirmando que pode protegê-la, mas Sheila o trai levando-o para uma armadilha onde o entrega ao Coringa.
Traído, despreparado, de guarda baixa, e cercado por homens do Coringa, o herói é rendido e espancado pelo vilão com um pé de cabra.
Após surrar o jovem os capangas amarram Sheila e deixam os dois com uma bomba prestes a explodir.
Você não deve ter entendido muito bem porque o Coringa faria isso com ela, certo? Estamos falando do Coringa. Entendeu?
Pois é, mesmo com a surra que levou, Jason se arrasta até sua mãe para desamarrá-la e salvá-la, porém Sheila percebe que eles não teriam como sair a tempo e Robin se joga na frente dela recebendo o impacto da explosão.
Batman vê de longe a explosão e, à medida em que se aproxima e caminha pelos destroços, relembra de cada momento desde que encontrara aquele garoto de rua tentando levar seus pneus. 
Ele encontra Sheila, quase morta, que lhe conta o que houve e, próximo a ela, encontra o corpo do rapaz.
A cena do Batman carregando o corpo do Robin ficou marcada para muitos leitores, e a vida do morcego também ficou seriamente marcada por este acontecimento.



domingo, 17 de dezembro de 2017

O que achamos de STAR WARS - Os Últimos Jedi (SPOILERS) - VLOG Alcateia #117

Os últimos rebeldes se reúnem para falar do filme mais recente de Star Wars. Será que alguém gritou "Vai pra Cuba" para a princesa Leia? Kylo Ren é golpista? Luke Skywalker se lançou candidato pra 2018?

presentes Ricky Nobre, Eddie van Feu, JM, Patricia Balan e Renato Rodrigues