segunda-feira, 18 de março de 2019

BATMAN DE MATT REEVES SERÁ UMA HISTÓRIA DE DETETIVE AMBIENTADA NOS ANOS 90.


Por Carlos Tavares

Parece que o molde do The Batman de Matt Reeves está finalmente começando a tomar forma. Até agora, sabemos que o filme será um prequel que foca em uma versão mais jovem de Bruce Wayne, mas agora parece que temos um período de tempo e um gênero específico para o tão aguardado projeto, previsto para ser lançado em 2021. 

De acordo com Discussing Film, The Batman será ambientado nos anos 90 e será mais uma história de detetive. Escrevendo especificamente, o canal diz: 

"[O foco do filme estará em] as habilidades de detetive do Batman, já que o filme será [centrado] em torno de um mistério que o Batman terá que resolver." 

Se este for o caso, o projeto de Reeves será único como um filme do Batman que realmente mostra as habilidades de detetive do Maior Detetive do Mundo, da DC Comics, já que a maioria dos filmes foca geralmente nas suas habilidades de combate ao crime. 

Mas os executivos da Warner Bros., aparentemente satisfeitos com o trabalho de Reeves até agora, decidiram dar a ele um orçamento maior, e o diretor também acrescentou uma boa quantidade de ação. 

Seu gênero e cenário são apenas o último de uma série de vazamentos recentes relacionados ao filme de Reeves. Um possível novo logo foi apresentado e existem rumores de que o Pinguim será o principal adversário. 


De todas as coisas que sabemos, uma coisa que ainda não sabemos é quem estará interpretando o Cruzado de Capa. Ben Affleck, que interpretou o Batman nas últimas três aparições do herói, anunciou que estava pendurando o capuz no começo deste ano, dado que o novo diretor tinha pouco ou nenhum interesse em trazer Batfleck de volta. 

Quem vai substituí-lo continua um mistério, mas com a Warner Brothers esperando lançar o filme em 25 de junho de 2021, provavelmente não demorará muito até que esta pergunta seja respondida.



FILME DO NOVA ESTÁ EM DESENVOLVIMENTO, CONFIRMA KEVIN FEIGE.


Por Carlos Tavares

Embora a Tropa Nova já tenha feito sua estréia no UCM, graças aos Guardiões da Galáxia, e eles podem até aparecer no futuro, se as teorias dos fãs forem consideradas. Rumores afirmam que a Marvel tem um filme do Nova em mente, como afirmou Kevin Feige recentemente. 

Durante uma entrevista, ele foi informado de que há quatro coisas que todo mundo está esperando no UCM. Um filme do Nova, um super-herói LGBT, Kamala Khan e o próximo filme de Taika Waititi. Em resposta, Kevin Feige disse: 

"Acho que todos estão se andamento e ... Vamos colocar desta forma: todos eles estão fluindo. Eu quero manter o foco neste e no futuro imediato, mas tudo o que você acabou de nomear está se encaminhando, alguns estão mais perto do que outros ”

As sementes para o personagem já foram plantadas pela Marvel. Como você deve lembrar, em Guerra Infinita vimos (na verdade ouvimos falar) a destruição de Xandar por Thanos. Xandar é o lar da Tropa Nova, e como Xandar foi destruído, é possível que a Marvel crie a história de origem de Richard Rider / Nova

Nos quadrinhos da Marvel Comics, Rhomann Dey vai para a Terra após a destruição da Tropa e entrega a Força Nova a Richard Rider. Com Xandar tendo sido destruído no UCM, os fãs estão começando a pensar em um arco similar para estréia na tela grande. 

Isso, juntamente com as declarações de Feige, sugere que a Marvel decidiu seguir em uma direção cósmica na próxima fase nos cinemas.

sábado, 16 de março de 2019

CAPAS DA EMPIRE DE ABRIL.


Por Carlos Tavares

A Revista Empire revelou as capas da edição de abril onde podemos ver o visual do Thanos e dos principais Vingadores.

As novidades não acabam....

Olha os uniformes aí Paty Balan...






SHANG-CHI JÁ TEM SEU DIRETOR.


Por Carlos Tavares

O primeiro filme asiático de super-heróis da Marvel Studios, Shang-Chi, tem agora um diretor com Destin Daniel Cretton assumindo o projeto. Cretton dirige Just Mercy, filme com previsão de estréia para 2020, com Brie Larson, de Capitã Marvel, e Michael B. Jordan, de Pantera Negra. 

Destin Cretton também é conhecido por O Castelo de Vidro, que também é estrelado por Brie Larson, Woody Harrelson e Naomi Watts

Dizem que o escritor sino-americano Dave Callaham está escrevendo o roteiro de Shang-Chi, que, segundo Deadline, "modernizará o herói para evitar estereótipos com os quais muitos personagens cômicos daquela época estavam sobrecarregados". Callaham também escreveu Mulher-Maravilha 1984, e está escrevendo Zombieland: Double Tap, Os Mercenários 4, Homem-Aranha: No Aranhaverso 2 e um novo Mortal Kombat. 


Nos quadrinhos, Shang-Chi foi criado por Jim Starlin e Steve Englehart em 1973 e é conhecido como o Mestre do Kung Fu. Seu pai é o vilão Fu Manchu, e sua mãe, uma americana branca que foi geneticamente selecionada por seu pai. Recentemente nos quadrinhos o personagem foi recrutado pelo Capitão América e o Homem de Ferro para se juntar aos Vingadores.



MARVEL'S JAMES GUNN.

DISNEY VOLTA ATRÁS E CHAMA JAMES GUNN DE VOLTA PRA CASA!


Por Carlos Tavares

Redenção e segunda chance. Já há muito tempo esses temas fazem parte dos roteiros dos filmes de super-heróis, e hoje parece que a vida imitou a arte. A Disney reintegrou James Gunn como roteirista e diretor de Guardiões da Galáxia Vol. 3. 

A decisão de recontratar Gunn foi ponderada e feita meses atrás, após conversas com a liderança dos estúdios Disney e a equipe da Marvel Studios. Depois da demissão, o presidente da Walt Disney Studios, Alan Horn, encontrou-se com Gunn em várias ocasiões para discutir a situação. Persuadido pelo pedido público de desculpas de Gunn e por ter lidado com a situação depois, Horn decidiu reverter o rumo e restabelecer Gunn. 

As mensagens nas mídias sociais eram indefensáveis, mas o cineasta nunca fez nada além de se culpar por um julgamento ruim exibido em uma época em que ele estava emergindo e tentando ser um provocador. Não houve relatos de que Gunn tenha se envolvido no comportamento que ele satirizou e ele nunca atacou a Disney. 

Em última análise, as cartas de Gunn eram palavras mal escolhidas e não ações, embora o gatilho rápido da Disney fosse completamente compreensível quando as mensagens de sua mídia social foram divulgadas pela primeira vez pelos meios de comunicações como a Fox News. Esses meios de comunicação deixavam claro que as postagens de Gunn foram expostas como uma resposta/represaria já que James Gunn sempre foi um crítico feroz do presidente Donald Trump. 

O retorno de Gunn aos Guardiões da Galáxia ficou complicado quando ele assinou contrato para escrever e dirigir a sequência do Esquadrão Suicida para a Warner Bros/DC. Mas a Marvel Studios concordou em iniciar a produção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 depois que Gunn completar o seu trabalho no filme da DC Comics. Tornou a coisa toda mais fácil o fato de a Marvel Studios não ter encontrado nenhum outro diretor para Guardiões Vol. 3, apesar das especulações de que Taika Waititi, e Adam McKay estavam sendo cotados. 

A Marvel Studios permaneceu fiel a todos os detalhes sobre Guardiões Vol. 3, quando a divisão dirigida por Kevin Feige voltou seu foco para a Capitã Marvel e Vingadores: Endgame. Já que antes de sua demissão, Gunn escreveu um roteiro que Marvel confirmou que seria usado para a terceira parte dos Guardiões da Galáxia. O que não faz mais nenhum sentido pois o filme se passaria antes de Guerra Infinita e agora com o final da saga a história deverá ser totalmente diferente. 

Haverá uma onda inevitável daqueles que vão reclamar do retorno de James Gunn, mas criativamente, os Guardiões se beneficiarão de seu retorno. Todo o elenco do filme foi franco em seu desejo de ter Gunn de volta, dizendo que esses tweets não correspondiam às suas ações pessoais. O elenco claramente o ama; Chris Pratt, Zoey Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel, Bradley Cooper, Sean Gunn, Michael Rooker e Pom Klementieff pediram o retorno de Gunn, em uma carta aberta. A controvérsia não abalou a camaradagem que o elenco tem com o diretor e colocou uma franquia de forte desempenho no limbo. A Marvel fez um ótimo trabalho permitindo que seus cineastas injetassem suas personalidades em cada franquia, e talvez nenhuma tenha sido tão carimbada quanto Guardiões. As duas primeiras partes arrecadaram mais de US$ 1,6 bilhão em todo o mundo, com a seqüência superando a primeira parte. 

Logo após o anúncio da demissão de Gunn, os fãs distribuíram uma petição pedindo à Disney que reconsiderasse. 

A Disney está a dias de fechar a aquisição dos ativos da Fox e, embora a empresa seja considerada como “para toda a família”, o que torna alguns gestos e ações intoleráveis, é de alguma forma reconfortante que haja espaço para segundas chances e que um bom diretor tenha a chance de superar um erro estúpido. 

Pouco tempo depois do anuncio de sua volta o diretor postou: 


"Estou extremamente grato por todas as pessoas que me apoiaram nos últimos meses. Estou sempre aprendendo e vou continuar trabalhando para ser a melhor pessoa que posso ser. Estou profundamente agradecido pela decisão da Disney e animado para continuar fazendo estes filmes sobre o amor que une todos nós. Tenho sido, e continuo honrado por todo seu amor e apoio. Do fundo do meu coração, obrigado. Amor para todos vocês." 

Como o diretor foi contratado para comandar a sequência de Esquadrão Suicida, e só voltará para a Marvel quando terminar o projeto, ainda não há previsão de quando a produção de Os Guardiões da Galáxia Vol. 3 vai começar. 

quinta-feira, 14 de março de 2019

NOVO TRAILER E POSTER dos VINGADORES


por Renato Rodrigues
Tem gente que gosta... tem gente que não gosta...

Eu vibrava com os Desenhos Desanimados Marvel quando criança e conheci os quadrinhos quando adolescente.
Nos últimos 10 anos pude ver estes heróis em carne e osso no Cinema, UNIDOS numa mesma saga. 

Se você vive numa época como essa, VOCÊ É UM PRIVILEGIADO SIM

 

domingo, 10 de março de 2019

(LIVE) CAPITÃ MARVEL - Bate-papo sobre o filme - Vlog Alcateia #132

Thanos passou o rodo em metade do Universo Marvel. E agora, quem poderá nos defender? Vamos prosear hoje sobre a Capitã Marvel, filme que introduz a arma secreta contra o vilão. Te convenceu?

quinta-feira, 7 de março de 2019

ATOR DE AMERICAN GODS EM NEGOCIAÇÕES PARA A TROPA DOS LANTERNAS VERDES.


Por Carlos Tavares

As notícias sobre o filme da Tropa estão paradas há algum tempo. A última coisa que foi anunciada no filme foi que tanto David Goyer quanto Justin Rhodes foram contratados para escrever o roteiro do filme. E em junho de 2018, Geoff Johns foi contratado para reescrever pesadamente o roteiro, que seria tirado de sua fase nos Novos 52 da revista do Lanterna Verde. Ano passado surgiu a notícia que poderiamos ter Tom Cruise como Hal Jordan 

Mas agora o ator de American Gods, Ricky Whittle, disse a Syfy Wire que as negociações estão acontecendo para o filme da Tropa dos Lanternas Verdes

"O personagem Lanterna Verde precisa renascer. Até mesmo Ryan Reynolds se matou nos créditos de Deadpool, o que foi hilário. Eu adoraria fazer parte desse universo, seja como John Stewart ou Simon Baz." Qualquer um dos dois, eu ficaria honrado em participar ". 

Parece interessante que Whittle esteja mencionando Simon Baz, considerando que o filme vai se focar em Hal Jordan e John Stewart. Mas Whittle continuou dizendo: 


"Nós sabemos que a Tropa dos Lanternas Verdes está saindo. Eu tive conversas, e estar na conversa já é uma grande honra. Isso é tudo que eu realmente posso pedir. Muitos fãs têm feito campanha para mim. Se eles conseguirem o Lanterna Verde também, nós vamos ter que fazer algo especial, eu vou ter que começar a fazer turnês em traje completo e ir assistir com todos os fãs, mas sim, eu adoraria fazer parte desse mundo. Com sorte, eles fazem justiça desta vez. " 

Já que as negociações estão avançando, o filme deve ser feito em algum momento no futuro próximo. No entanto, o filme deveria ser lançado em 24 de julho de 2020, e desde que ainda não entrou em produção, essa data de lançamento pode ser adiada por um ano ou dois.