sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

SORTEIO "ANO MÁGICO"

A Editora Linhas Tortas abre o ano com um concurso super legal! Você pode ganhar um lindo calendário importado 2014 com as mais belas imagens da Irlanda. Para isso, é muito fácil! Esse é um sorteio do FACEBOOK, então você tem que ter uma conta lá! Você só precisa ir para a página da Linhas Tortas, compartilhar a postagem da promoção e curtir a página! E pronto, você já está concorrendo! Viu? Molinho! Encante seu ano com fotos de um lugar mágico e lindo! O sorteio acontece dia 15 de fevereiro, então corra! E que a Sorte do Irlandês esteja com você!




UM CONSELHO DE OURO

Seja o senhor de suas emoções. Muita coisa já passou por baixo da ponte de sua vida e muita coisa ainda vai passar. Não permita que as ondas de suas emoções afoguem bons momentos. Procure se manter no controle. Pese as consequências do que você diz num momento de rompante, pois palavras podem fazer um enorme estrago. Não é à toa que são tão importantes em magia.
O amor também nos cega. Por isso, você terá que aprender a ver de uma outra forma. Como você sabe que está ventando, já que não pode ver o vento? Você vê as folhas balançarem! Quando estiver apaixonado, observe os efeitos desse amor. A vida é melhor ou pior com ele? Seus outros relacionamentos melhoraram ou pioraram? Olhe-se no espelho e seja absurdamente honesto: você se tornou uma pessoa melhor ou pior com esse amor?
LEIA MAIS EM SOBRE PRÍNCIPES E SAPOS, EM E-BOOK NA amazon.com.br! É só CLICAR AQUI!

 

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

WICCA #05 - DIVINDADES E FESTIVAIS NA AMAZON!

Olha o que acabou de chegar na Amazon!!!! A Wicca #5 - Divindades e Festivais, traz os esbats, sabats e rituais para celebrar esses momentos sagrados! Se você perdeu, agora pode ler em e-book! Conheceremos um pouco do panteão celta e dos gênios ou anjos, além de aprendermos rituais para beleza, prosperidade e amor. Também relembramos os principais sabats na Roda Sul e na Roda Norte. Ainda tem a sessão Caldeirão, com cartinhas e e-mails respondidos pela Eddie. Para comprar por apenas R$5,99 é só se inscrever na Amazon (com e-mail) e baixar o programinha gratuito da kindle! CLIQUE AQUI e siga os passos!


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

WICCA #4 - RITUAIS EM E-BOOK

Mais uma Wicca acaba de aportar na Amazon! A Wicca #4 - Rituais, ensina rituais com o círculo sagrado e rituais de sabats e esbats! Você já pode comprar as Wiccas #1, #2, #3, #4 e a inédita #63 (QUE NÃO IRÁ PARA AS BANCAS) com um precinho especial e ler direto no seu PC, notebook, android, tablet, aspirador de pó e bola de cristal! Clique e siga os passos! Lembre-se de se cadastrar primeiro e baixar o gratuitamente o programinha do kindle, senão eles não habilitam sua compra! Compre sua Wicca #4 - Rituais clicando AQUI!


MAGIA XAMÂNICA EM E-BOOK

BOA TAAARDEEEE!!!!! E já começamos a semana com novidades! O livro Magia Xamânica que está esgotado há um tempão está agora disponível em e-book! São rituais com ervas e banhos, animais de poder e animais de defesa, animais de inspiração e animais auxiliares. Já sabe qual o seu animal totem? Não? Agora já pode descobrir! É só clicar aqui e seguir os passos! Lembre-se de se cadastrar primeiro e baixar o gratuitamente o programinha do kindle, senão eles não habilitam sua compra! É só CLICAR AQUI!


UMA NOVA ERA DA SÉRIE WICCA

Você se lembra? Abertura de capítulo da Wicca #6. Em breve, disponível em e-book na www.amazon.com.br! Gente, eu tô super feliz em poder ter o acervo completo das coisas que que já publicamos disponível em algum lugar! Sei que a galera prefere o livro físico, mas isso não será possível, então já fico feliz em saber que esse conteúdo está em algum lugar, acessível a qualquer um que queira! Viva a Era de Ouro de Saint Germain! E a Era de Aquário! Para ver nossos e-books, é só CLICAR AQUI!




domingo, 26 de janeiro de 2014

VLOG Alcateia #52 - Os primeiros Livros Modinhas que lemos


Renato Rodrigues deveria só conversar com Eddie Van Feu e Carolina Mylius sobre os seus primeiros livros lidos quando criança mas mudou a pauta em cima da hora para "Quais os primeiros livros modinhas que elas já leram". E até que deu certo (acho)!

Descubra qual o chute delas para o Livro Modinha em 2014 e quais os atuais sucessos de venda que ninguém mais vai se lembrar daqui há uns anos!

Quem terá coragem de dizer que amaaaaava Crepúsculo no
 ano 2024?

E responda aí nos comentários: o mercado pode sobreviver sem os livros modinha?

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

TRÊS AINDA É DEMAIS!!!!


por Renato Rodrigues
Se tem 3 programas na TV aberta que vão permanecer no ar mesmo após uma guerra nuclear eles são CHAVES, CAVERNA DO DRAGÂO e o seriado TRÊS É DEMAIS, aquela sitcom que passa no SBT das três meninas criadas pelo pai e os dois tios!

Aparentemente ele também trás boas lembranças de uma época mais inocente para os americanos.  Por isso, John Stamos, Bob Saget e Dave Coulier voltarão a interpretar Tio Jesse, Danny Tanner e Joey Gladstone 19 anos após o final de Full House, série lançada em 1987 e que durou oito temporadas lançando ao estrelado as gêmeas Olsen (que faziam intercaladamente a menina Michelle).

O trio protagoniza o anúncio da Danone divulgado na integra no próximo dias 2 de fevereiro, durante o Super Bowl. Abaixo, um trechinho da propaganda:



Essa é uma típica série água com açúcar até o talo, cheia de lições morais e coisa e tal... É simpática, tem o poder hipnótico de nos prender quando passa na TV (quando sua TV a caba tá fora do ar). Me amarrei na iniciativa, vale até um longa pra TV reunindo a turma toda!


Se a Danone pagar o cachê de pelo menos UMA das gêmeas Olsen!

 
AGORA SIM!!!
 

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

ISSO É MUITO MANEEEIRO!!!

Esse não é um post patrocinado... MAS EU TINHA QUE PUBLICAR ASSIM MESMO!!!



O trabalho foi concebido pela agência Gruponove e realizado pelas produtoras Paranoïd e Jonathan Post, tudo aprovado pela cabeções da Warner Brothers, que possui os direitos do desenho. Rosie é a protagonista de 3 comerciais dirigidos por Luis Carone, um especialista em computação gráfica.

O que será que a PEC das Domésticas dirá sobre o assunto?

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

RECADINHO DO HE-MAN

por Renato Rodrigues
Eu não jogo videogame há mais de 25 anos (aliás, só eu devo falar VIDEOgame) mas tinha que compartilhar isso:



Os caras meteram até a trilha e os efeitos da época. Agora IMAGINA isso com a dublagem nacional do Garcia Jr (He-Man) o Isaac Bardavid (Esqueleto) e toda a turma ainda na ativa!

Eu lembro da euforia para conseguir a fita de Atari do jogo do He-man nos anos 80... e a decepção quando o jogo começava.


domingo, 19 de janeiro de 2014

VLOG ALCATEIA #51 - Crítica da série "American Horror Story - Asylum"



Transmitindo direto do Pinel, Eddie Van Feu, Rebecca Becker e Renato Rodrigues e batem um papo de maluco Via Embratel (Uma no quarto, outra na sala e ele no escritório) sobre o fim da série "American Horror Story - Asylum".
 
Pode uma história cheia de ETs sadomasoquistas, nazistas apaixonados e freiras encapetadas dar certo?

Descubra aê vendo o vídeo:
 

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

ANTEROSCLEROSE E O OSCAR

Prevejo que neste Oscar haverá uma homenagem aos super heróis e o José Wilker não dirá nada que preste sobre o assunto...



Minhas previsões para o Oscar 2014

Atenção, se eu errar em parte ou tudo, esqueçam e não venham falar mal comigo porque eu não gosto

Comecemos por onde ninguém quer saber...

Documentário em curta-metragem: 
"CaveDigger"
"Facing fear"
"Karama has no walls"
"The lady in number 6: Music saved my life"
"Prison terminal: The last days of private Jack Hall"
RESULTADO: Não faço a mínima ideia

Prison Terminal. Bom nome para um filme vencedor. Além de ficar bem na foto.


Documentário em longa-metragem
"The act of killing"
"Cutie and the Boxer"
"Dirty Wars"
"The Square"
"20 Feet from Stardom"
RESULTADO: Sei lá

20 Feet..., tem mulher cantando e isso tá na moda


Animação
"Os Croods"
"Ernest & Celestine"
"Meu malvado favorito 2"
"Vidas ao vento"
VENCEDOR: "Frozen: Uma aventura congelante"

"Eu não vi, mas minha filha nº 327 viu e disse que é muito bom. Maoeee" (Silvio Santos)


Roteiro adaptado
Billy Ray, de "Capitão Phillips"
Richard Linklater, Julie Delpy e Ethan Hawke, de "Antes da meia-noite"
Steve Coogan e Jeff Pope, de "Philomena"
John Ridley, de "12 anos de escravidão"
VENCEDOR: Terence Winter, de "O lobo de Wall Street"

Favor ao menos pressupor que este é o Terence Winter, ok?

Roteiro original
Eric Warren Singer e David O. Russell, de "Trapaça"
Woody Allen, de "Blue Jasmine"
Craig Borten e Melisa Wallack, de "Clube de compras Dallas"
Bob Nelson, de "Nebraska"
VENCEDOR: Spike Jonze, de "Ela" (Torcida pessoal pura e simples)


Se saiu bem (escrevendo e dirigindo)  Onde Vivem Os Monstros, POR MIM, Jonze levava, mas...



Filme estrangeiro
"Alabama Monroe" (Bélgica)
"A caça" (Dinamarca)
"The missing picture" (Camboja)
"Omar" (Palestina)
VENCEDOR: "A grande beleza" (Itália)

Levou o Globo de Ouro. Tem beleza bem grande pra levar o Oscar



Atriz coadjuvante
Sally Hawkins, de "Blue Jasmine"
Lupita Nyong'o, de "12 anos de escravidão"
Julia Roberts, de "Álbum de família"
June Squibb, de "Nebraska"
VENCEDORA: Jennifer Lawrence, de "Trapaça"

Mística, miqueira e levou o Globo de Ouro. Acho que é ela
Ator coadjuvante
Barkhad Abdi, de "Capitão Phillips"
Bradley Cooper, de "Trapaça"
Michael Fassbender, de "12 anos de escravidão"
Jared Leto, de "Clube de compras Dallas"
Jonah Hill, de "O lobo de Wall Street"
RESULTADO: Minha bola de cristal não diz nada

Esse leva o Oscar, certamente.

Atriz
Sandra Bullock, de "Gravidade"
Judi Dench, de "Philomena"
Amy Adams, de "Trapaça"
Meryl Streep, de "Álbum de família"
VENCEDORA: Cate Blanchett, de "Blue Jasmine" (Mas vai dar la Bullock)

Uma das duas. Mas na ordem

Ator
Christian Bale, de "Trapaça"
Bruce Dern, de "Nebraska"
Chiwetel Ejiofor, de "12 anos de escravidão"
Matthew McConaughey, de "Clube de compras Dallas"
VENCEDOR: Leonardo DiCaprio, de "O lobo de Wall Street"

Assim, vai ser o DiCaprio? Vai, mas nunca se sabe...

Diretor
Martin Scorsese, de "O lobo de Wall Street"
Steve McQueen, de "12 anos de escravidão"
Alexander Payne, de "Nebraska"
David O. Russell, de "Trapaça"
VENCEDOR: Alfonso Cuarón, de "Gravidade"

Cuáron, mais que merecido. Senão, deixa pro ano que vem...
 
Filme
"12 anos de escravidão" (Pode ser a "zebra")
"Trapaça"
"Capitão Phillips"
"Clube de compras Dallas"
"Ela"
"Nebraska"
"Philomena"
"O lobo de Wall Street"
VENCEDOR: "Gravidade"

Gravidade? "Já ganhou, já ganhou, já..." Já? Certeza, só tenho de duas coisas: ou ganha ou não ganha.


Os astros, coadjuvantes ou não, assim como as cartas (marcadas), não mentem jamais. Sandra Bullock faz praticamente um filme solo, envolvendo esforço físico. A  Academia gosta disso e la Blachett defende uma obra do "polêmico" Woody Allen, pode ser que não ganhe, embora moralmente seja dela a estatueta e acabou! Leo DC de há muito vem procurando seu Oscar e a comunidade acadêmica judaico-homossexual (segundo o Mel Gibson) é fã do Scorsese. Podem querer assim, justificar mais um Oscar ítalo-americano, embora o Matthew McConaughey, por Clube de compras Dallas, corra por fora. Eu daria pro Bruce Dern, só pela idade dele. 12 Anos de Escravidão periga arrebatar os Oscares de melhor direção e filme, mas não. Acho que não... E Frozen é quase unânime, mas Meu Malvado Favorito 2 pode surpreender. A lamentar a ausência das sapatinhas de Azul é a Cor Mais Quente no de melhor filme estrangeiro. Sem problema. Elas moram em nossos corações. No mais é issaê. Nem precisam ver mais a entrega do prêmio, já resumi pra vocês. Mentira! Assistam sim, mas não na Globo. NUNCA na Globo. A rede de TV por assinatura, TNT apresenta a festa da entrega do prêmio NA ÍNTEGRA , com Rubens Ewald Filho (este SIM, sinônimo de crítico de cinema no Brasil) e além de tudo NÃO tem a presença CHATA e inútil do José Wilker e daquela gorda dando palpites infelizes. E, de quebra, ainda vai rolar uma homenagem aos filmes de super heróis. Onde se falará de Batman, Superman e heróis da Marvel. Mais uma profecia... Ou isso ou assistam o BBB que é muito mais profundo ou A Química do Mal (PQP) na TV Record que, POR INCRÍVEL QUE PAREÇA, é o título de Breaking Bad por lá. Título provavelmente outorgado por algum dos pastores. Porque todo mundo sabe que as drogas são um MAL para a humanidade, embora não tenham sido tão ruins assim para Heisenberg e família e o resto deixa pra lá, senão vou "spoilear" demais. Estejam comigo na próxima semana, em mais uma ANTEROSCLEROSE direto do INFERNO de Santíssimo, o bairro mais quente da cidade mais quente, do país mais quente, desse mundo quente pra cacete. Beijineos a toldos.

 

OS MUPPETS TÃO DE VOLTA! (Outra vez)


por Renato Rodrigues
Os bonecos mais maneiros da TV continuam agora no cinema numa sequência cheia de referências POP e atores convidados (Marca registrada da tuma do CACO!)

Eu disse CACO!!!! CACO, O SAPO!!!


 
LEIA AQUI uma matéria completa do Ricky Nobre sobre a criação do Muppets. E antes que eu me esqueça:
 


terça-feira, 14 de janeiro de 2014

ROCKY, O TREINADOR


por Renato Rodrigues
Finalmente uma boa notícia no cinema no meio desse mar de adaptações de livros de mulherzinha e remakes de seriados: Sylvester Stallone voltará a viver seu melhor personagem nas telas, Rocky Balboa. Com 67 primaveras nas costas, o ator (que tá em melhor forma que nós aqui do Alcateia.com) vai participar do filme “Creed” como treinador do neto de seu antigo adversário, Apollo “o Doutrinador” Creed — interpretado por Carl Weathers nos filmes anteriores e que morreu (o personagem, não o ator) em Rocky IV.
“É interessante porque as pessoas acham que vai ser um ‘Rocky VII’... mas não é. Eu tenho um papel coadjuvante. Vai ser ótimo voltar a esse personagem. Acho que pode ser um ótimo filme e um grande desafio. Vai acontecer”. (Stallone)



É uma ótima oportunidade de ver o velho "Rocko" de volta com sua filosofia de vida simplória e genial ao mesmo tempo. A história por trás das câmeras de "Rocky - Um lutador" é tão incrível quanto a contada nas telas (vejam um dia os extras do DVD se puderem). Stallone realmente lutou por aquele papel e teve a merecida glória!!! Eu fiquei cabreiro quando fizeram Rocky VI mas Stallone acertou de novo com um filmaço de superação! 
 
Gostei da ideia dele voltar como um treinador e não lutando, deu mais credibilidade a situação, afinal são quase 70 anos de praia ringue! E melhor, voltará ajudando o neto do adversário que virou, depois, seu amigo e treinador!

Aposto que a cena de treinamento ficará assim:

domingo, 12 de janeiro de 2014

VLOG Alcateia #50 - Resenha de "O Portal" e "Os demônios de Loudun"


Eddie Van Feu recebe a convidada Rebecca Becker para falarem sobre "O Portal" e "Os demônios de Loudun" de Aldous Huxley" e revelando o que as duas obras (ou três contando com Lua das Fadas, ou quatro contando com O Trono sem Rei) tem em comum.

 
 

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

QUARTA TEMPORADA DE GAME OF THRONES À VISTA!



OBA!!! Mulheres peladas! Decapitações! Mulheres peladas! Violência extrema! Mulheres peladas...
 

BOLA FORA COM O PELEZINHO!!!



por Renato Rodrigues
Eu vi isso na banca e fiquei confuso. Achei que era só a capa trazendo uma "versão moderninha" do personagem mas folheando "As Melhores Histórias do Pelezinho # 8" (que traz histórias republicadas dos anos 80) vi com horror os traços alterados.

Não tive mais dúvidas: a Patrulha do Politicamente Correto atacou novamente!!! Pelezinho sofrera uma total plástica nasal e bucal.

Do lado de dentro uma notinha do editor esclarece (sem trocadilhos) o mistério: 
“Caro leitor: a partir desta edição de As Melhores Histórias do Pelezinho, você vai notar umas alterações do desenho dos personagens! O traço foi reestudado para se tornar mais moderno, atualizado e universal O que não foram modificados são os humores e as divertidas histórias dessa turma de craques, que continua batendo um bolão!”
Hum... sei...

Pelezinho é o alter ego do Rei Pelé transformado em personagem dos estúdios Maurício de Souza em 1977 e que reinou mensalmente nas bancas até 1986. Em 2012 retornou com as Edições Históricas republicando na íntegra e na ordem os primeiros números dos anos 70 em forma de almanaques e também nas revistas mais finas com algumas histórias mais recentes dos anos 80. E foi nessa revista (A partir do número 8) que o crime foi cometido. Pode isso, Arnaldo?


Pelezinho e Canabraba ANTES e DEPOIS do Ivo Pitangui
Parece frescura, mas foram ARTES ALTERADAS, personagens descaracterizadas, um desrespeito com os profissionais envolvidos na época e com os fãs e colecionadores. Gente como nós que buscamos nessas revistas um reflexo de quem fomos e um resgate de nossa infância! Isso não é só um "desenho" num gibi, é um DOCUMENTO que foi alterado, uma estátua do Carlos Drummond de Andrade pichada na calada da noite. É como apagar o cachimbo do Popeye, as explosões dos Looney Tunes ou colocar calças no Pato Donald original!!!

Se fossem novas edições com HQs inéditas, tudo bem, afinal diversos personagens mundo afora sofrem mudanças de layout de tempos em tempos, mas mexer nos quadrinhos clássicos é SACANAGEM!!!!! E ressalto isso com o orgulho de possuir a #1 ORIGINAL de 1977 comprada na saudosa Gibimania da Tijuca!

Só posso dizer uma coisa sobre isso:
PORRA, MAURÍCIO!!!

 

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

A meiga Doreen Green - uma breve análise


Por Nanael Soubaim

Poucos heróis são tão carismáticos e têm uma imagem tão reconfortante quanto Doreen Green, a Garota Esquilo. Se muitos dos criados dos anos setenta para cá, são praticamente desconhecidos do grande público, por falta de divulgação decente, imaginem uma que é tida como segundo escalão da Marvel.

Se o nome de guerra já soa estranho, apesar do belo nome de baptismo, seus feitos são ainda mais! E merecem uma reflexão que vai muito além das acaloradas discussões de adolescentes barbados, em fóruns de internet.



Vamos antes à nossa doce mutante. É muito jovem, tem cerca de dezoito anos, 1,6m de altura e 45kg... Esbelta! Nasceu em Los Angeles, ou seja, conhece a vida barra pesada de uma cidade que tem glamour de sobra, para quem puder pagar. Todas as versões de sua figura, da mais recatada à mas sexy, mostram o frescor juvenil. E são muitas versões, algumas altamente pervertidas! Estas eu NÃO MOSTRAREI, tirem o esquilinho da chuva!



Não vive de ser heroína, ela se vira para se sustentar e custear os estudos. Seu emprego mais recente é de babá da filhota de Luke Cage e Jessica Jones, dos novos Vingadores... Se a menina começar a escalar paredes e saltitar entre os galhos das árvores, eles não reclamem, pois conhecem a baby sitter que contractaram.

Ah, sim, apesar de muito responsável, ela é meio maluquinha. Fecha o tempo e escancara um sorriso com a mesma facilidade. Sua primeira aparição, em 1992, foi meio tosca, ela parecia uma fugitiva do manicômio usando um uniforme sujo de um enfermeiro, com apliques de pelúcia e um monte de pochetes. Depois da versão tosca de estréia é que o uniforme foi transformado em um maiô de peles, com a parte de baixo variando entre nada e uma malha completa.

Suas habilidades são controversas. Sua calda de esquilo não faz parte do uniforme, nasceu nela... Imaginem o buliyng que a coitada sofreu, na escola! Ela consegue controlar os esquilos como o Aquaman controla as criaturas marinhas, consegue sua cooperação completa e irrestrita. Tem super força, que varia entre levantar de 200kg a 25 toneladas, ou seja, entre um triciclo grade e um caminhão pesado. Sua agilidade, vocês já podem deduzir, é extraordinária, bem como seus sentidos são aguçados. Faz qualquer mestre de artes marciais parecer uma lesma com letargia.

Com essas credenciais, ela entrou em combate e venceu serelepe, muitos vilões, atiçando a ira dos fãs dos bandidos de quadrinhos, inclusive Doutor Doom e Thanos... Bem, isso tem explicação. E não está na variação de seus poderes. Antes de continuar, eu esclareço que não gosto de bandido, seja real, seja de ficção. Chatice se cura com terapia, perversidade é bem mais difícil.

Eu já falei aqui do péssimo hábito de humanizar os heróis da pior forma possível: maculando o caráter, deturpando a personalidade, colocando herói contra herói,
enfraquecendo-o, subtraindo sua bravura quando até policiais comuns se põe na linha de tiro sem hesitar, transformando heróis perfeitos em garotões mimados, corrompendo, et cétera. Um grupo inteiro de heróis apanhando de um vilão que sai ileso e pronto para a festa, ao fim do combate, sendo derrotado por um golpe de sorte, no final.

Vamos à boa e velha psicologia. Essa gente tem problemas com a autoridade, geralmente tem dificuldades em manter um relacionamento sadio, e não raro se rende a prazeres destrutivos; o oposto do que o herói clássico é.  Vamos ser francos, não prestar está na moda, o alívio hormonal que isso causa é quase imediato e as pessoas querem isso. O resultado não poderia ser outro, como índios sendo queimados e indigentes enterrados vivos na praia, além de garotas sendo agredidas e mortas por recusarem uma cantada. Um mundo assim é muito hostil às pessoas que tentam ser boas, imaginem um Kal-El da vida, que é a abnegação e bondade personificada! Se bem que ele é da DC...

Sabem qual é uma das principais características de gente assim? É não suportar a felicidade. Nem mesmo a própria. Eles acham que o mundo não presta, que ninguém presta, que eles mesmos não prestam e, muitas vezes inconscientemente, sabotam sua própria felicidade, quando não a de todos ao seu redor. Por isso têm dificuldades em manter um relacionamento saudável, sem recorrer a hábitos destrutivos e egoístas. Eles se odeiam. Para se punirem, destroem as figuras por quem começam a nutrir alguma admiração, seja uma pessoa, um casamento ou um herói.



Claro que, na hora do aperto, com uma pistola apontada para a cabeça, eles vão torcer de todo coração que a bondade, a justiça e a solidariedade prevaleçam. Ou seja, deixam de amar o bandido e passam a choramingar pela polícia; o herói da trama real, no caso.

A Garota Esquilo, que deveria ser apenas uma heroína classe "B", acabou se tornando um factor de correção de aberrações. É por isso que ela consegue vencer praticamente qualquer vilão, mesmo os que dão pau nos deuses da Marvel. Ela impede, por assim dizer, que a Marvel se destrua dando glamour aos bandidos e azedando os heróis. Como se alguns roteiristas dissessem a si mesmos "Ufa, ainda bem que eu não tenho poderes para fazer essa m&$#*@ na vida real!", ainda que depois façam longos e enfadonhos discursos contra uma "garota estúpida que vence o poderoso Thanos", a quem fica feliz de jamais encontrar na vida real.


O facto de ela ser baby sitter, ou seja, cuidar de crianças pequenas, lhes causa ainda mais repulsa. Psicologicamente falando, uma criança pequena representa uma esperança de alguém vir a fazer menos besteiras no mundo, ou pelo menos cometer erros novos, não os mesmos que têm sido cometido ao longo dos milênios. Comandar esquilos? Quer maior símbolo de fofura e simpatia do que um esquilo peludo e bem cuidado? Tudo isso é muito saudável, muito constructivo, precisa ser taxado de alienação, viadagem, infantilismo e o que mais se conseguir inventar para detratar.

O problema, no final das contas, não são os heróis, somos nós, que não conseguimos ver a felicidade alheia como uma extensão da nossa, e a nossa própria como algo desejável. A humanidade inteira está contaminada por uma síndrome de auto destruição, a ponto de rejeitar sumariamente qualquer medida que possa recolocar sua cabeça em ordem. Ela quer que um tirano invencível apareça e force todos a fazerem o que todos sabem que podem e devem fazer, ma se recusa a fazer isso por conta própria. A história já nos mostrou muitas vezes no que isso dá.



Por isso nossa jovem e meiga amiga, que poderia ser minha filha, ganhou tamanha importância, e um séquito de fãs indemovíveis. Ela é um absurdo, sim, mas um absurdo meigo, escultural e de rostinho lindo, que vive para corrigir absurdos muito piores. E sejamos francos, é uma moça exemplar, adorável, uma filha que qualquer um gostaria de ter.

 Mais sobre Doreen Green, clicar aqui.

O HOBBIT DE SPRINGFIELD

Mesmo a telinha do You tube consegue ser melhor que o Kinoplex Tijuca 6 com suas projeções em 2d de baixa qualidade:


ANTEROSCLEROSE, O Retorno e O Crepúsculo do Crítico

Ai meu Deus, que saudaaade da Cinemin, aquilo sim é que era revista de cinema


por Antero Leivas
Sou de um tempo anterior à Idade da Pedra Lascada. Tá, um pouco mais pra frente, de um tempo em que revista de cinema era a clássica Cinemin e nem todo mundo era crítico desta arte. Aliás, quem era crítico de cinema, não ficava se arvorando disso. Pelo contrário, se aprofundava no tema cada vez mais, com cursos, uma vasta biblioteca sobre o assunto e aquele simulado silêncio dos sábios. E filmes, claro. Mas FILMES, não EXCESSO, como ver seis filmes num dia e achar que com isso está adquirindo alguma bagagem para dissertar a respeito. Assim numa mesa de bar, em casa, ainda vá lá, mas adquirir status de alguma coisa de nivel profissional? Não. Não. NÃO. Maldito Brasil...

Com o advento e popularidade da Internet, que como a energia atômica, serve tanto para o bem quanto para o mal, a informação ganhou velocidade, em compensação, a opinião, seja qual for, ganhou visibilidade. Então qualquer blogueiro de fim de semana, "cinéfilo" de quinta (sim, pois quem não é crítico, é cinéfilo) ou estudante de contabilidade, ou filhinho de papai vagabundado, tornou-se... CRÍTICO DE CINEMA.
 
O Crítico, esse incompreendido


E o que é o crítico pra essa gente? É o pessoal que se entope no coffe break, que anuncia em redes sociais q vai pras cabines de imprensa (sessões exclusivas, ou melhor, ANTIGAS sessões exclusivas para quem tivesse um MÍNIMO de entendimento no assunto. Hoje, apenas uma farra para caipiras de ambos os sexos) e fica se achando um deus diante dos outros pobres mortais. Engraçado, nunca me vi assim. No tempo em que comecei a receber convites para cabines (Não, NUNCA me ofereci, caros blogueiros) eu me intimidava diante daquele pequeno grupo de figuras aparentemente selecionadas, antipáticas e que me olhavam com o severo ar de "Porra, começaram a invadir nossos espaço". Eu achava os veteranos pedantes e pretensiosos. Hoje os entendo plenamente... Porque, sério, se você NUNCA estudou NADA sobre cinema, o máximo que você cita como crítico, que julgas ser, é Rubens Ewald Filho (no Brasil) e Pauline Kael (nos EUA), desconhece qualquer obra de Georg Wilhelm Pabst e seus contemporâneos, dificilmente cita dez filmes de Ingmar Bergman ou Luis Buñuel, jamais viu sais de prata, julga Tarantino, criativo; John Williams, o maior dos compositores de trilhas; crê piamente que documentarista é o Michael Moore, e boia quando alguém cita "campo e contracampo", "moiré", plot e decupagem, acho melhor rever seus conceitinhos e mudar de profissão. E não, Google não conta...

Se não conhecer esse cara, não fala mais comigo...


Me chamam de ranzinza, resmungão e o CACETA a quatro, fato é q não construí essa fama da noite pro dia não e menos ainda sem motivos. ODEIO e sempre odiei os bicões do Festival do Rio (eu tinha MUITAS matérias aqui mesmo nesse site a respeito do assunto, instituí o tema inclusive, todavia "misteriosamente" meus textos desapareceram quando me desliguei da Alcateia há alguns anos), os imitadores de críticas alheias e principalmente, das críticas estadunidenses, as PIORES feitas em séculos; mas ODEIO SOBREMANEIRA, graças a energia atômica, digo, a inclusão digital, qualquer pipoqueiro malversado nas artes da vida, que fará nas artes e ciências cinematográficas, criar seu bloguezinho de meia pataca, com meia dúzia de page-views diários, transmutar-se num rasgo de insano egocentrismo, em Roger Ebert (pare de olhar o Google...). Mereciam, no MÍNIMO, o apedrejamento público. E, não, nenhum hacker invadiu e escreveu por mim não, eu mesmo acho isso. E assim seguirei até o último suspiro dos dias.
Mestre Albagli (1939 - 2006)
 
Nunca fui pretensioso quando novato. Fiquei assim, depois de velho. Uma história que eu sempre conto... No tempo em que eu mais queria provar pra todo mundo que eu não precisava provar nada pra ninguém, conheci, este sim, um dos melhores Críticos de cinema da história brasileira, Fernando Albagli, (é história repetida? Tá, lê assim mesmo) editor da supracitada Cinemin. Um amigo e profissional em comum, nos aproximou e criou breves bate-papos à entrada de cada cabine. Uma delas, era no primeiro da série Premonição, onde somente ele concordou quando eu disse que aquilo era mais diversão do que terror, enquanto, tadinhos, provavelmente conhecedores do terror a partir de Jason 6 ou similar, comentavam a "tensão" existente na obra. Não, meninos. Não. 
Um dia, perguntei ao filósofo Albagli se ele se julgava um crítico e ele respondeu calmamente: "Não, eu estudo cinema". Me desculpem, bicões, se Fernando Albagli não era crítico, vocês seriam digamos, NO MÁXIMO, um tipo de público. Um público privilegiado até certo ponto, longe do tumulto das sessões do fim de semana e com desavergonhada chatice pra postar no feicebuque (Que agoniza em praça pública, Oxalá).
Louise Brooks. Tá aqui só pra enfeite. Ou não...


Repararam, né? A ANTEROSCLEROSE e seu vira-lata, Antero Leivas, estão de volta (dessa vez sem desaparecimentos, espero) e eu envelheci. Estou pior, bem pior. Volto pra falar de cinema e coisas de cinema e TV (Sim, TV. Somente DUAS pessoas entendem mais de séries do que eu neste Brasil e uma delas é dona deste site. Achei que não deveria furtá-los de mais tempo sem minha carismática presença) e quiçá livros e revistas também. Prometo não encher vosso saco, desde que não encham o meu e quase não repetir a frase que nós, em idade provecta, adoramos utilizar: "No meu tempo". Eu disse QUASE, não se animem. 
Sejam bem vindos de volta, lupinos e lupinas. 

DROPS
 
Tá amarrado?
E numa carta aberta à imprensa, a Rede Record se isenta da suposta acusação de censura devido aos cortes das cenas de violência e sexo quando da exibição do primeiro episódio da série Spartacus Sangue e Areia (no caso da emissora do pastor, só a areia) no último dia 5. A alegação é que a distribuidora oferece duas versões e que a mais light foi a opção da TV aberta. Sério? Resta saber se Breaking Bad também terá essa tal "segunda versão", assim como Sons of Anarchy (por favor, Filhos da Anarquia não, gente...) É esperar pra ver. Ou não ver.
 
Say my name, sem cortes, de preferência...
 

Lynch volta a Twin Peaks

Ao que tudo indica, o louco genial volta ao seriado que o consagrou também na TV. Muito embora, a previsão seja para algo em torno de 2015. Robert Engels, produtor executivo da rede estadunidense de TV, ABC, vem procurando um programa para preencher a lacuna deixada por Lost há pouco mais de três anos. E quem melhor do que a bizarra cidade dos picos gêmeos? Tá certo que tirando a primeira temporada, o resto é pra lá de questionável e que em mais de duas décadas, dificilmente o elenco original poderia tornar, mas, quem, como eu, cultua a série, sabe que Laura Palmer comentou algo no sonho do Agente Cooper quanto a se encontrarem daí a 25 anos. E por que não? A dupla David Lynch e Mark Frost não deitou oposição e Kyle MacLachlan, o bom e velho (velho mesmo) Agente Cooper nunca mais logrou muito êxito em sua carreira. Isso já basta. O resto é só achar uma carinha bonitinha pra substituir Sheryl Lee, a Laura original (afinal fantasmas não envelhecem, nem vem) e Go ahead, cambada!



Sheryl "Laura Palmer" Lee e o tempo...


Apostazinhas
E para ir voltando aos poucos à velha forma, a coluna aposta na qualidade dos seguintes filmes vindouros: Ela, o novo longa do cultuado Spike Jonze (Quero Ser John Malkovich), com Joaquim Phoenix, transfigurado num sujeito pacato e decadente e Scarlett Johansson, ainda pior, na "pele" de um... programa de computador (!!!!) É bizarro, logo vai ser bom.

Godzilla: vocês não sei, mas monstros gigantes é comigo mesmo. E dessa vez, o velho lagartão vai apavorar geral e com o auxilio luxuoso de Walter White, digo, Bryan Cranston no elenco!!!.

X-Men, Dias de Um Futuro Esquecido. Se o filme for dez por cento fiel à HQ que o originou, formará um duo com X-Men First Class, como duas das maiores bolas dentro da Fox em relação a super heróis. Bryan Singer voltou! Tranquilizemo-nos!

E saibam: meu mais recente acerto foi com Guerra Mundial Z. Se eu errar, tenho a desculpa de estar em treinamento ainda.





Até a próxima, lupinos! E aguardem a volta de nossos brindes e sorteios!