sexta-feira, 23 de março de 2012

"Não importa a idade que você tenha... na sua infância, você riu com o Chico Anysio."



por Renato Rodrigues
A frase acima é do meu amigo colecionador de séries, Roosevelt Garcia e eu achei muito apropriada para dar o título desta postagem. Esse será um fim de semana de homenagens e reprises dos grandes momentos do Chico Anysio, o professor de TODA uma geração de humoristas ou de simples engraçadinhos que ganham a vida fazendo humor como eu.

Vamos deixar a biografia para o "Fantástico" e dizer apenas nosso muito obrigado ao mais inteligente humorista que esse país já teve. Um gênio que descobriu novos talentos, sem deixar de lado os velhos profissionais. Que ajudou a povoar esse país fazendo filhos adoidado! Que conseguiu alfabetizar bêbados, judeus, caipiras, portugueses e tantos outros tipos que passaram pela Escolinha. Que deu emprego a gerações de artistas e criou dezenas de personagens (contracenando com ele mesmo quando o Brasil usou pela primeira vez o Vídeo-Tape). As lembranças como espectador são infinitas assim como eram infinitos os seus personagens.


Mas uma lembrança pessoal que eu guardo sobre ele foi a vez em que fiz na escola uma peça inteira com esquetes do programa. A professora de música chegou a tocar o tema do programa no piano para dar o clima enquanto eu fazia alguns personagens ou servia de escada para outros.

Eu selecionei aqui dois momentos do Chico no tempo e no espaço: O Primeiro é 1969 onde ele se apresenta na entrega de prêmios do Roquete Pinto, exibido pela Record. Na ocasião, Chico recebia o prêmio de 'Melhor Comediante'.



E em segundo, um momento contemporâneo, quando ele apresentou um esquete genial no programa do Jô.




2 comentários:

Pimentinha disse...

E A SAUDADE ÓOOOOOOO

Ricky Nobre disse...

MARAVILHOSO!!!

E eu até fico meio puto quando chamam o Chico apenas de "humorista". Ele era um ator extraordinário.