sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

GUERRA DOS SEXOS NA TERRA MÉDIA

A atriz Evangeline Lilly, que interpreta a elfa Tauriel em 'O Hobbit: A Desolação de Smaug'

por Renato Rodrigues
A segunda parte da trilogia que deveria ter só dois filmes, "O Hobbit - A Desolação de Smaug", estreou hoje nos cinemas com uma polêmica: Acertou quem disse que gira em torno da presença da elfa Kate Tauriel, personagem que não existe no livro.

Não tô dizendo que isso é unanimidade, viu, a maioria não tá nem aí pra presença dela, mas SIM tem uma galera insatisfeita com a entrada forçada da personagem na adaptação. Muitos xingaram no Twitter dizendo que Tauriel estraga o filme. No Facebook, há um grupo chamado "Tolkien fans against Tauriel" (fãs de Tolkien contra Tauriel) que publica notícias sobre o filme acompanhadas de comentários como "Eles [Peter Jackson e a corroteirista Fran Walsh] não têm respeito por Tolkien ou pelo cânone" ou o trocadilho "Keep calm and kill Tauriel" (mantenha a calma e mate Tauriel). Isso é coisa de virjão, hein!

Para piorar a situação, Tauriel é envolvida em um triângulo amoroso (E geralmente é isso que a mulherada noveleira gosta e a rapaziada não tem muito saco pra ver no cinema!!!!).

Originalmente, essa parte romântica não estava programada, o lance todo foi adicionado quando Peter Jackson, o malandro, decidiu que, em vez de dois, faria três filmes, daí teve que encher a história de novos elementos. Não vou arriscar nenhum palpite pois não vi ainda, maaas, como gosto da atriz, de cara eu já simpatizei com a ideia de ter uma mulher bonita na parada.

E sabe o que isso me lembra? Quando a gente jogava RPG e só tinha barbado, daí as aventuras giravam só em torno de divertidas pancadarias! Mas era só entrar uma garota no grupo de jogo que a trama mudava pra romance, ti-ti-ti e "Vou lá falar com determinado NPC para saber o que ele tá sentindo" e por aí vai, kkk...



Enfim, aguarde nosso implacável veredicto na terça quando gravaremos nosso Vlog sobre os melhores (e piores) filmes do ano e, claro, falaremos do Hobbit II - A revanche!!!!

Até lá! (Ou até aqui)

Um comentário:

Dany Fernandez disse...

Eu vi o filme! O tal triangulo é meio bobo mesmo! Mas a Tauriel é um dos dos pontos mais fortes e legais da segunda parte dessa trilogia e eu simplesmente A-D-O-R-E-I! Ela poderia cantar tranquilamente aquela música da Rita Lee que diz "sou mais macho que muito homem"! hahaha E é como eu disse para os meus amigos companheiros de cinema: Não interessa que ela não está no livro, sem ela o filme ficaria uma chatice até meu adorado Smaug começar a fazer churrasco de anão!

Abração Renato!