segunda-feira, 26 de setembro de 2016

SUPER-HERÓIS BRASILEIROS - VELTA




Por Gabriel Maia
A estonteante heroína brasileira Velta é criação de Emir Ribeiro e surgiu em 1973 em um jornal escolar. O sucesso foi tanto que logo a voluptuosa moça ganhou páginas mais importante e de maior alcance.

Emir tinha 15 anos e já era remunerado com seu trabalho. Emir faria encontros de sua personagem com outros heróis e suas parcerias com artistas se tornariam famosas, inclusive trabalhando com Deodato Filho, mais tarde mundialmente conhecido como Mike Deodato.

Nos jornais o sucesso se deu até 1980. Durante a ditadura Emir costumava mandar um material mais ameno para a avaliação de quem faria a censura e depois ele colocava um material mais audacioso.

Origem da heroína:
Em um dia de acampamento com uma turma de amigos a jovem Kátia Maria Farias Lins acabou encontrando um alienígena com problemas. A moça salvou a vida do alien que demonstrou sua gratidão sequestrando-a e usando-a como cobaia de testes com um amplificador mental. Segundo Emir o aparelho ampliaria o poder mental da cobaia de modo que qualquer desejo imaginado naqueles segundos de exposição se tornaria real. Kátia foi hipnotizada pelo alien que ordenou que a moça desejasse se transformar em uma versão de mulheres de um planeta inimigo. As mulheres eram loiras muito altas para a média terrestre. Mas Kátia tinha seus desejos profundos também, e desejava ter cabelos exageradamente longos e a fantasia de soltar rajadas de energia pelo corpo. E foi assim, da mescla de desejos da moça e do alienígena, que Velta surgiu.



Os leitores podem ficar intrigados com a transformação da moça já que até as roupas mudam, mas a declaração é de que ocorre uma transformação a nível molecular de algo pré existente. No caso ela muda o corpo em algo novo, e as roupas em outro tipo. Quando a transformação passa ela volta ao normal.
Kátia tem em sua família dois irmãos; Kelson e Karina, e o pai; Joel Serpa Lins, um homem extremamente conservador. A mãe de Kátia morreu atropelada quando ela tinha 9 anos. Outro personagem é o detetive Gilberto, namorado e sócio de escritório de investigações da heroína. 
Enfim, Velta está no público brasileiro de HQs há décadas e faz sucesso tanto por suas histórias quanto pela sensualidade da personagem que atiça os desejos masculinos.

Uma de suas melhores aventuras conta com Velta investigando... o chupa-cabras? E o pior é que é uma boa história.


Eu tenho.
Espero que curta essa "mulher maravilha" brasileira também.

Nenhum comentário: