segunda-feira, 8 de maio de 2017

CORRA!!! (Para o Cinema!!!)

por Eddie Van Feu

Estreia nessa quinta-feira um interessante filme de terror que fala sobre o racismo velado de uma maneira que não convencional.

Daniel Kaluuya faz o filme crescer.
Dirigido por Jordan Peele, CORRA! Tem um ótimo ritmo, em um crescente de suspense que só é quebrado pelo ótimo humor. Há muitos risos nesse filme! Do riso nervoso cheio de vergonha alheia vendo o comportamento dos brancos e do riso espontâneo patrocinado geralmente pelo amigo do protagonista, Rod, interpretado por LilRel Howery.



O filme conta a história de um simpático casal de namorados que vai passar um fim de semana na casa da família dela. Em um mundo politicamente correto, ninguém deveria mencionar que o rapaz, Cris, é negro e a moça, Rose, é branca. E é aí que a coisa fica interessante! Porque para a moça esse detalhe não tem importância e não merece ser citado. Mas o rapaz, interpretado pelo ótimo e promissor Daniel Kalluya, assim como seu amigo Rod, acham que é uma situação meio “sei lá”.
E nós acompanhamos Cris para esse fim de semana meio constrangedor onde a família mais branca do mundo o recebe muitíssimo bem. Bem até demais! Há coisas estranhas nessa casa e nessa família, além dessa simpatia exagerada.

Eu achei um casal muito fofo!
 O tema preconceito é sutil e não é panfletário. Na verdade, é abordado de forma inesperada, vindo a somar na trama. O elenco é muito bom, começando por Daniel Kaluuya, que teve um ótimo momento em um dos melhores episódios da bizarra série Black Mirror, e poderá ser visto muito em breve em Pantera Negra. Catherine Keener está magnífica, indo da simpática mãe à  hipnóloga esquisita. Bradley Whitford parece alguém que realmente votaria no Obama pela terceira vez se pudesse.

Quando pessoas brancas começam a agir de maneira esquisita, é melhor correr. Pensando bem, o mesmo vale para negros, verdes, azuis que se comportarem de maneira esquisita!
A premissa do filme lembra um pouco outro filme de terror, A Chave Mestra, mas segue outra linha e é muito melhor resolvido, fugindo de clichês bobos e previsíveis. Se há algo que eu acho que poderiam melhorar nesse filme é o poster e o trailer. O trailer fala demais e o poster não vende bem a história. Além de falar demais também.

Quando acender a luz é mais assustador do que ficar no escuro.
CORRA! é um filme muito simpático e empolgante, e eu o indico não só para quem curte um bom suspense, mas para quem gosta de uma boa história e um bom filme. Vi há poucas semanas e já estou com vontade de ver de novo!



Nota:


Nenhum comentário: